quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Fato!


Hj vi uma frase que mexeu com minha cabeça:

‎''Cada um tem de mim exatamente o que cativou'' - Charles Chaplin


Veio mto á calhar. Estou passando por um momento em que estou repensando tudo, revendo tudo, redefinindo tudo. Inclusive as relações com as pessoas. E isso é verdade, cada um tem de mim exatamente o que cativou. Não adianta tentar dar a atenção que a pessoa quer se não foi isso que ela cativou em vc, é desgastante, e, por vezes, inútil. Eu parei. To precisando de um tempo pra mim. Mesmo pq, amigo de verdade, respeita seu tempo, vc não precisa se explicar demais, ele sabe que as fases vão, vêm e passam, e eu to nessas.
 
Só pq não faço o óbvio, o que todos querem que eu faça, ou acham que eu faria, não quer dizer que eu não faça outras coisas. Quero experimentar, quero fazer, quero ver o novo. Se vão me acompanhar, não importa, sei que no caminho quem tá comigo está, quem não está fica pelo caminho.
 
Pode parecer cruel, mas eu to me encontrando. E depois, "‎Cada um tem de mim exatamente o que cativou''...

Boa noite!

Nenhum comentário: